Musica no blog

contador de visitas
contador de visitas

quarta-feira, julho 27, 2011

Controlando a temperatura corporal


Controlando a temperatura corporal

Vários processos físicos e químicos, sob o controle do hipotálamo,
promovem a produção ou perda de calor, mantendo nosso organismo
com temperatura mais ou menos constante, independente das variações
do meio externo. A temperatura corporal está intimamente relacionada à
atividade metabólica, ou seja, a um processo de liberação de energia atrav
és das reações químicas ocorridas nas células.

Diversos fatores de ordem psicofisiológica poderão influenciar no
aumento ou diminuição da temperatura, dentro dos limites e padrões
considerados normais ou fisiológicos. Desta forma, podemos citar o sono
e repouso, emoções, desnutrição e outros como elementos que influenciam
na diminuição da temperatura; e os exercícios (pelo trabalho muscular),
emoções (estresse e ansiedade) e o uso de agasalhos (provocam
menor dissipação do calor), por exemplo, no seu aumento.
Há ainda outros fatores que promovem alterações transitórias da
temperatura corporal, tais como fator hormonal (durante o ciclo menstrual),
banhos muito quentes ou frios e fator alimentar (ingestão de alimentos
e bebidas muito quentes ou frias).

A alteração patológica da temperatura corporal mais freqüente
caracteriza-se por sua elevação e está presente na maioria dos processos
infecciosos e/ou inflamatórios.
É muito difícil delimitar a temperatura corporal normal porque,
além das variações individuais e condições ambientais, em um mesmo
indivíduo a temperatura não se distribui uniformemente nas diversas
regiões e superfícies do corpo. Assim, podemos considerar como varia-
ções normais de temperatura29 :

n temperatura axilar: 35,8ºC - 37,0ºC;
n temperatura oral: 36,3ºC - 37,4ºC;
n temperatura retal: 37ºC - 38ºC.

O controle da temperatura corporal é realizado mediante a utiliza
ção do termômetro - o mais utilizado é o de mercúrio, mas cada vez
mais torna-se freqüente o uso de termômetros eletrônicos em nosso
meio de trabalho.
A temperatura corporal pode ser verificada pelos seguintes mé-
todos:

– oral - o termômetro de uso oral deve ser individual e possuir
bulbo alongado e achatado, o qual deve estar posicionado
sob a língua e mantido firme com os lábios fechados, por 3
minutos. Esse método é contra-indicado em crianças, idosos,
doentes graves, inconscientes, com distúrbios mentais, portadores
de lesões orofaríngeas e, transitoriamente, após o
ato de fumar e ingestão de alimentos quentes ou frios;

– retal - o termômetro retal é de uso individual e possui bulbo
arredondado e proeminente. Deve ser lubrificado e colocado
no paciente em decúbito lateral, inserido cerca de 3,5cm,
em indivíduo adulto, permanecendo por 3 minutos. A verifica
ção da temperatura retal – considerada a mais fidedigna -
é contra-indicada em pacientes submetidos a intervenções
cirúrgicas do reto e períneo, e/ou que apresentem processos
inflamatórios locais;

– axilar - é a verificação mais freqüente no nosso meio, embora
seja a menos precisa. O termômetro deve permanecer por, no
máximo, 7 minutos (cerca de 5 a 7 minutos).
As principais alterações da temperatura são:

– hipotermia - temperatura abaixo do valor normal;
– hipertermia - temperatura acima do valor normal;
– febrícula - temperatura entre 37,2oC e 37,8oC.
29 Atkinson, 1989.

Fundamentos de Enfermagem

• Verificando a temperatura corporal

Material necessário:
– bandeja
– termômetro clínico
– bolas de algodão seco
– álcool a 70%

As orientações seguintes referem-se ao controle de temperatura
axilar, considerando-se sua maior utilização. Entretanto, faz-se necessá-
rio avaliar esta possibilidade observando-se os aspectos que podem interferir
na verificação, como estado clínico e psicológico do paciente,
existência de lesões, agitação, etc.

O bulbo do termômetro deve ser colocado sob a axila seca e o
profissional deve solicitar ao paciente que posicione o braço sobre o
peito, com a mão em direção ao ombro oposto. Manter o termômetro
pelo tempo indicado, lembrando que duas leituras consecutivas com o
mesmo valor reflete um resultado bastante fidedigno. Para a leitura da
temperatura, segurar o termômetro ao nível dos olhos, o que facilita a
visualização.

Após o uso, a desinfecção do termômetro deve ser realizada no
sentido do corpo para o bulbo, obedecendo o princípio do mais limpo
para o mais sujo, mediante lavagem com água e sabão ou limpeza com
álcool a 70% - processo que diminui os microrganismos e a possibilidade
de infecção cruzada.
– bloco de papel
– caneta


Controlling body temperature

Several physical and chemical processes under the control of the hypothalamus,
promote the production or heat loss, keeping our body
temperature more or less constant, independent of variations
the external environment. Body temperature is closely related to
metabolic activity, ie a process of releasing energy through
are the chemical reactions occurring in cells.

Several factors may influence the order psychophysiological
increase or decrease in temperature within the limits and standards
considered normal or physiological. Thus, we can mention sleep
and rest, emotions, such as malnutrition and other elements that influence
decrease in temperature, and exercises (working muscles),
emotions (anxiety and stress) and the use of warm clothes (cause
lower heat dissipation), for example, in its increase.
Other factors that promote the transient changes
body temperature, such as hormonal factor (during the menstrual cycle)
cold or very hot baths and dietary factors (food intake
and drink hot or cold).

The pathological changes in body temperature more frequent
characterized by its elevation and is present in most processes
infectious and / or inflammatory.
It is very difficult to define because the normal body temperature,
Apart from individual variations and environmental conditions, in the same
individual temperature is not distributed uniformly in the different
regions and areas of the body. Thus, we consider a vari-
under normal temperatura29:

n axillary temperature: 35.8 ° - 37.0 ° C;
n oral temperature: 36.3 ° - 37.4 ° C;
n rectal temperature: 37 º C - 38 ° C.

The body temperature control is achieved by using
tion of the thermometer - the most widely used is the mercury, but increasingly
becomes more frequent use of electronic thermometers in our
working environment.
Body temperature can be checked by the following mean-
all:

? oral - oral use of the thermometer should be individual and have
bulb elongated and flattened, which should be positioned
kept under the tongue and the lips firmly closed for 3
minutes. This method is contraindicated in children, the elderly,
seriously ill, unconscious, with mental disorders, patients
oropharyngeal lesions and transiently after
smoking and drinking hot or cold foods;

? rectum - the rectal thermometer is for individual use and has bulb
rounded and prominent. Should be lubricated and placed
the patient in lateral position, inserted about 3.5 cm,
in adults, staying for 3 minutes. The checks
tion of rectal temperature? considered the most reliable -
is contraindicated in patients undergoing intervention
surgery of the rectum and perineum, and / or processes that present
inflammatory sites;

? Axillary - is more frequent checking in our midst, although
is the least precise. The thermometer should stay in
maximum of 7 minutes (about 5 to 7 minutes).
The main changes of temperature are:

? hypothermia - temperature below the normal value;
? hyperthermia - temperature above the normal;
? low fever - temperature of 37.2 oC and 37.8 oC.
29 Atkinson, 1989.

Fundamentals of Nursing

? Checking the body temperature

Materials needed:
? tray
? clinical thermometer
? dry cotton balls
? 70% alcohol

The following guidelines refer to the temperature control
axillary, considering its greater use. However, it is necessary to
River evaluate this possibility, noting aspects that can interfere
in check, as clinical and psychological status of the patient,
existence of injury, agitation, etc..

The bulb of the thermometer should be placed under the armpit dry and
professional should ask a patient to position the arm over the
chest with his hand toward the opposite shoulder. Keep the thermometer
for the indicated time, remembering that two consecutive readings with
same value reflects a very reliable result. To read the
temperature, holding the thermometer at eye level, which facilitates
visualization.

After use, disinfecting the thermometer should be held in
sense of the body to the bulb, following the principle of cleaner
for the dirtiest, by washing with soap and water or cleaning
70% alcohol - a process that reduces microorganisms and the possibility
of cross infection.
? pad
? pen

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário